Partilhar

Celular esquentando, o que poder ser?

 
Por Redação umCOMO. 28 abril 2020
Celular esquentando, o que poder ser?

Os celulares são parte integrante do nosso dia a dia e, quando estragam ou quebram por alguma razão, percebemos que várias das atividades cotidianas, antes parte da rotina, parecem mais complicadas do que pensávamos. Um dos problemas mais comuns que os celulares apresentam hoje tem a ver com a temperatura elevada dos aparelhos. São frequentes os casos de telefones celulares que esquentam de maneira excessiva, vez ou outra até deixando de funcionar ou causando danos irreparáveis.

Por isso é necessário ter em mente que um telefone celular pode superaquecer pelos mais diferentes motivos e, se não soubermos diagnosticar o problema, fica ainda mais difícil de solucioná-lo. Se você já chegou a se questionar sobre os motivos de ter o seu celular esquentando muito, continue no umCOMO, pois vamos te mostrar o que pode ser feito para você evitar o problema já.

Também lhe pode interessar: Como bloquear uma chamada no celular

Celular esquentando

Antes de mais nada, você precisa detectar qual a fonte de calor do telefone.

Fonte externa

Se o seu celular esquenta com frequência, a primeira coisa na qual você deve reparar é onde você tem colocado o telefone. Um dos maiores inimigos de qualquer equipamento eletrônico pode ser algo tão simples quanto a luz solar, por exemplo. Se a luz do sol estiver incidindo de forma direta a um dispositivo eletrônico, é muito provável que ele fique quente demais e possa apresentar falhas em seu funcionamento, que geralmente são percebidas graças aos avisos de erro na tela.

Nesses casos, tenha em mente que será necessário tirar o telefone celular de perto da fonte de calor, seja ela a própria radiação do sol ou alguma outra, como um aquecedor ou a luz de uma lâmpada.

Celular esquentando por fonte interna

Se apesar disso você notar que seu celular segue superaquecendo em excesso, é bem provável que a origem do calor não seja uma fonte externa, mas sim um problema interno do aparelho. Nesses casos, o que acontece é que o telefone não consegue regular corretamente a temperatura gerada por conta de seu funcionamento e, por consequência, o dispositivo começa a aquecer descontroladamente. Quando a temperatura atinge níveis muito elevados, o telefone passa, então, a apresentar falhas de funcionamento, atingindo até níveis extremos, que é quando a bateria chega a explodir.

Quando isso ocorre, a primeira coisa a se fazer é tentar baixar a temperatura do aparelho de maneira rápida. No entanto, é essencial encontrar a causa desse aquecimento, visto que essa é a única forma de prevenir que isso volte a acontecer.

Celular esquentando e descarregando rápido

Outra causa comum que explica por que o celular pode esquentar tanto tem a ver com o uso excessivo de suas funções. Quando um aparelho móvel está em funcionamento, assim como ocorre com qualquer outro dispositivo eletrônico, ele produz calor. Quanto maior a atividade realizada por esse aparelho, maior será também o calor que ele gera – isso porque internamente, e mesmo que o usuário não se dê conta, ele estará trabalhando mais.

Se esse for o caso, é importante que você procure reduzir a carga de trabalho do celular, ou seja:

  • Feche aplicativos que estão funcionando apenas em segundo plano.
  • Desinstale apps que necessitem de maior capacidade do telefone para funcionar, ou que não são utilizados há muito tempo.

Ainda assim, de maneira geral, os jogos de celular são um bom exemplo de aplicativos que mais requerem memória e capacidade do telefone. Acontece que, depois de usá-los por um longo período, é normal que a temperatura do aparelho comece a subir.

Quando isso ocorre, o mais recomendável é fechar o jogo e deixar que o dispositivo descanse por um tempo. Se quando você for usar o aparelho novamente notar que a temperatura caiu mesmo, podemos ter quase certeza de que essa foi a causa do superaquecimento.

Celular esquentando ao carregar

Ainda que muita gente não se dê conta, componentes não oficiais de um telefone celular também podem ser a causa de um superaquecimento do dispositivo. Isso se dá, principalmente, quando usamos acessórios que embora sejam compatíveis fisicamente com o dispositivo, não possuem a certificação necessária para usá-los, feita em laboratório.

Um bom exemplo disso são os carregadores não oficiais. Ainda que eles tenham as dimensões e o formato adequado para dar carga ao aparelho, se a composição de seus materiais não for não for aquela recomendada pelo fabricante, pode ser que eles atuem como uma espécie de resistência durante a carga. Isso pode acarretar não apenas em risco de calor intenso, mas também fazer que a bateria exploda em alguns casos.

Meu celular esquenta demais e desliga: as capinhas não oficiais

Outro exemplo para que seu telefone superaqueça são as capas igualmente não oficiais. Ainda que isso não seja tão comum assim, algumas capinhas acabam por agir como ótimos isoladores de temperatura. Isso, que a princípio pode soar como algo positivo, implica que o eletrônico não consiga eliminar o excesso de calor que produz devido ao seu funcionamento regular - o que pode, ainda, levá-lo ao desligamento forçado.

A consequência é que o acúmulo de calor dificulta ainda mais sua eliminação, porque ocorre um aumento exponencial da temperatura do aparelho. Se você não sabe ao certo por que o seu telefone fica tão quente, experimente trocar de carregador e de capinha por um tempo. Se o problema for resolvido, bingo, já temos a resposta.

Veja também: Celular vibrando sozinho, como resolver?

Celular esquentando, o que poder ser? - Celular esquentando ao carregar

Outros causas para celular esquentando

Entretanto, ainda que o fato de um telefone celular esquentar muito seja causado principalmente pelos fatos mencionados acima, também existem situações em que as falhas ocorrem por conta do próprio aparelho. Se mesmo após você testar todas as opções já ditas seu telefone celular continuar a atingir temperaturas excessivas que não são normais, é recomendável levá-lo a uma assistência técnica oficial para que, assim, os profissionais realizem todas as verificações necessárias.

Em muitos casos, inclusive, pode ser que a bateria esteja em mau estado, ou que algum dos outros elementos do próprio dispositivo se encontrem danificados e que, por conta disso, o aparelho acabe esquentando em excesso e de forma perigosa.

Agora que você já sabe porque o seu celular esquenta tanto, pode ser que você também se interesse por este outro artigo aqui do umCOMO, sobre como prolongar a vida útil da bateria do telefone.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Celular esquentando, o que poder ser?, recomendamos que entre na nossa categoria de Eletrônica.

Escrever comentário sobre Celular esquentando, o que poder ser?

O que lhe pareceu o artigo?

Celular esquentando, o que poder ser?
1 de 2
Celular esquentando, o que poder ser?

Voltar ao topo da página