Partilhar

Qual a diferença entre som analógico e digital

Por Redação umCOMO. Atualizado: 16 janeiro 2017
Qual a diferença entre som analógico e digital

O que é melhor, o som analógico ou o digital? existe realmente uma diferença? precisa de um equipamento de áudio muito caro para notar a diferença? e realmente importa?

Antes de entrar na discussão, deveríamos dar uma olhada rápida no que faz com que um som seja digital ou analógico. Tem tudo a ver com como um som é gravado. Uma cópia de gravação analógica de som é um sinal eletrônico contínuo.

Hoje em dia, os avanços nos métodos de conversão analógica para digital melhoraram a qualidade das gravações digitais. Algumas pessoas dizem que já não existe diferença entre o modo digital e analógico. Outros não estão de acordo - às vezes com paixão. Os amantes da música - as pessoas que querem a máxima qualidade possível nos sistemas de som - fazem questão de que os sistemas analógicos proporcionem um som melhor.

Quais são as diferenças no som real das gravações analógicas e digitais? Continue lendo este artigo de umComo para descobrir.

Também lhe pode interessar: Qual a diferença entre mono e estéreo

História do som digital

Antes da década de 1970, os músicos gravavam com um equipamento de gravação analógica. Microfones que registravam o som e geravam uma onda analógica que outros dispositivos podiam transferir diretamente aos meios adequados (geralmente uma fita magnética). Assumindo que o músico use um equipamento confiável, o som gravado era uma representação fiel do som original.

Com a gravação digital, engenheiros de áudio converteram as ondas analógicas em sinais digitais. Existem muitos tipos diferentes de equipamentos que podem converter do analógico para o digital. Alguns estudos de áudio gravam analogicamente em uma fita-mestre original, e a seguir, transferem o som para um formato digital. Outros usam equipamentos especiais para gravar diretamente em digital.

As primeiras gravações digitais sacrificavam a fidelidade ou a qualidade do som, a favor da confiabilidade. Um dos inconvenientes de um formato analógico é que os meios analógicos tendem a se desgastar rapidamente. Os discos de vinil podem se deformar ou riscar e isso pode afetar drasticamente a qualidade do som. A fita magnética com o tempo se desgasta e é vulnerável aos ímãs, o que pode apagar ou destruir a informação armazenada na fita. Os meios digitais como os discos compactos podem reproduzir o som de forma indefinida e são mais duradouros.

Qual a diferença entre som analógico e digital - História do som digital

Analógico x Digital

Alguns amantes da música acham que as gravações digitais são insuficientes quando se trata de reproduzir o som com precisão. Usam uma linguagem intrincada e de jargão para descrever as capacidades ou as deficiências de um sistema de áudio. A maior parte de suas críticas falam da frequência do som.

Os seres humanos podem escutar sons que vão desde 20 hertz (Hz) a 20 quilohertz (kHz). A frequência de uma onda de som corresponde à nossa percepção da altura de um som. Quanto maior a frequência, maior é o tom que ouvimos.

Os amantes do som descrevem a qualidade de som de um sistema de áudio em relação às diferentes frequências, por meio do uso de termos como completo, quente e arejado. Um som completo ou quente vem de um sistema que reproduz bem as frequências baixas. Um som arejado significa que a música reproduzida dá ao ouvinte a impressão de que os instrumentos estão em um meio espaçoso e, no geral, se refere aos sons na faixa de alta frequência.

Alguns amantes da música dizem que os álbuns de vinil se desempenham melhor nas frequências mais baixas, o que significa que proporcionam um som quente. Argumentam que os discos compactos não são tão precisos na reprodução de sons nesta faixa. Outros fazem questão de dizer que não há nenhuma diferença detectável entre um arquivo digital bem produzido e um disco de vinil em bom estado.

Se o artista usar um formato analógico para criar a gravação original, então uma cópia analógica será o melhor. Isso é porque não haveria nenhuma necessidade de converter o som de analógico para digital. A cópia deve ser uma representação exata da pista original. Mas se o artista usar a gravação digital, então será melhor comprar o álbum em CD.

A percepção da qualidade musical é algo subjetivo. Duas pessoas que escutam a mesma música, com o mesmo equipamento, podem ter diferentes opiniões sobre a qualidade da gravação.

Sinais analógicos e digitais

O som é, naturalmente, um sinal analógico. Um sinal analógico é contínuo, o que significa que não há pausas nem interrupções. Os sinais digitais não são contínuos. Usam-se valores específicos para representar a informação. No caso do som, representa-se uma onda de som como uma série de valores que representam tom e volume sobre o comprimento da gravação.

Alguns argumentam que os métodos de gravação analógica são melhores na captura de uma imagem fiel de som. As gravações digitais podem perder os matizes mais sutis. Mas como os processos de gravação digital melhoraram, os dispositivos digitais podem usar velocidades mais altas com maior precisão. Ainda que o sinal não seja contínuo, a frequência alta pode criar um som similar à fonte original.

Outra vantagem dos meios digitais sobre os analógicos é que podem ser feitas tantas cópias do arquivo de som original como quiser, sem o danificar. Com o tempo, inclusive uma gravação analógica mestra não vai soar tão bem como o som original. Mas nada corrompe um arquivo digital, que continuará sendo o mesmo, não importa quanto tempo tenha passado ou o número de cópias que tenham sido feitas.

O som analógico e digital hoje em dia

Hoje em dia, a tecnologia na indústria de gravação de áudio é tão avançada que muitos engenheiros de som dirão que não há nenhuma diferença detectável entre gravações analógicas e digitais. Inclusive se fosse usar o melhor equipamento de som, não seria capaz de identificar um meio ou outro escutando apenas o som. Muitos amantes da música estão de acordo e afirmam que o formato analógico continua sendo supremo.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Qual a diferença entre som analógico e digital, recomendamos que entre na nossa categoria de Eletrônica.

Conselhos
  • Os meios digitais incluem CD, DVD e arquivos de som. Os arquivos de som digital sem compressão tendem a ser muito grandes. Com frequência, os engenheiros de som comprimem os arquivos para deixá-los mais fáceis de trabalhar, mas isso pode afetar a qualidade do som.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
3 comentários
A sua avaliação:
Joaquim Nelson
Valeu... Foi bom ler o vosso artigo.
A sua avaliação:
Everson Cavalcante
Muito boa essa postagem. Parabéns.
Nídia Figueira (Editor/a de umCOMO)
Oi Everson! Valeu pelo comentário :) Continue acompanhando nossas dicas!
A sua avaliação:
PU1JFC
Muito Bom! Very Good! 5 ★★★★★ ★★★★★
Redação umCOMO (Editor/a de umCOMO)
Oi PU1JFC! Muito obrigada pelo seu comentário e continue acompanhando a nossa página :)

Qual a diferença entre som analógico e digital
1 de 2
Qual a diferença entre som analógico e digital

Voltar ao topo da página